Imaginação vs Fantasia

Todo o avanço em tecnologia e produtos é resultado da imaginação e fantasia de pessoas criativas, científicas e artisticamente orientadas. A capacidade de pensar e visualizar sobre conceitos e produtos, que ainda não foram pensados, muito menos vistos ou ouvidos, pode ser melhor descrita como uma fuga da fantasia. Todos os contos de fadas e lendas que parecem inacreditáveis ​​por causa de seus poderes extraordinários são considerados produtos da fantasia fértil de nossos antepassados. A imaginação é um processo semelhante, pois envolve a formação de imagens mentais, conceitos e sensações de coisas que não estão presentes diante de nós. Isso confunde muitos, pois há muita sobreposição entre imaginação e fantasia. Este artigo tenta destacar as diferenças entre imaginação e fantasia.

Imaginação

O que você está perguntando a uma criança quando pede que ela desenhe a figura de um objeto que não está presente diante dos olhos dele? Você está essencialmente pedindo a ele que evoque a imagem dos itens para poder desenhar a figura no papel. Da mesma forma, os cientistas usam sua imaginação fértil para chegar a novas idéias e produtos. Todos sabemos que, como milhões antes dele, Newton viu uma maçã cair de uma árvore acima de sua cabeça, mas foi sua imaginação que o levou a desenvolver as leis do movimento de Newton.

Com os olhos fechados, podemos imaginar coisas ao nosso redor. Talvez essa seja a facilidade inata que nos foi dada por Deus. Usamos nossa imaginação para dizer o nome do produto que somos levados a tocar em um jogo em que as pessoas estão vendadas. A origem da palavra imaginação é a palavra latina imaginaire, que significa desenhar uma imagem.

Fantasia

A fantasia é um produto da imaginação, mas é muito longe da realidade. É mais da natureza de um devaneio onde a pessoa, quando sonha acordada, experimenta coisas e conceitos que desaparecem quando está acordado e em seus sentidos. Uma fantasia é um produto da mente e se origina de frustrações, medos, ambições, desejos, depressões etc. Segundo Freud, o psicólogo mais controverso de todos os tempos, as fantasias são manifestações de nossos impulsos internos mais profundos e sombrios.

Talvez a fantasia seja única para os seres humanos. Todas as fábulas e mitos têm personagens com super poderes, como dragões e monstros cuspindo fogo, e seres humanos com mais de três metros de altura e força e coragem extraordinárias. Também temos fantasias sexuais e filmes e pinturas dedicados a esse gênero chamado fantasia.

Qual é a diferença entre Imagination e Fantasy? • Imaginar é adicionar imagens, sensações e conceitos na imagem ou nas idéias finais. • A sensação nos leva a conjurar imagens através da imaginação. • A imaginação é orientada para objetivos, enquanto a fantasia é livre e não exige que os princípios da ciência e da natureza se mantenham. • Fantasiar sobre um monstro cuspidor de fogo é fácil e aceitável, embora esteja longe da realidade. • A imaginação cede lugar à criatividade responsável pela geração de novas idéias e produtos. • As fantasias decorrem de nossos desejos e ambições profundos. • Há um papel tanto para a imaginação quanto para a fantasia no desenvolvimento dos poderes cerebrais das crianças.